Leitura: Alana, a Bailarina da Água

O que andamos a ler: Alana, a Bailarina das Água (Alice Cardoso)
Texto escrito na aula (26/01/2012)

Ciência Viva... e ao vivo!


Fotografias de um grande dia para as Ciências (27/01/2012):



Agradecimentos:
1. Aos pais, que construíram ou ajudaram a construir os "guarda-chuvas do céu".
Nota: Por favor, guardem os paraquedas (especialmente os maiores), para futuras utilizações.
2. Aos BVO (Bombeiros Voluntários de Ovar) a excelente simpatia e receção.


Clique aqui, para ter a planificação da ação

Da cidade ... para o campo


Observa a animação. Escreve um conto sobre uma família que trocou a agitação da cidade pela tranquilidade do campo.

TEXTO DO HUGO COSTA PEREIRA
Era uma vez um menino que vivia numa cidade. Quando ia para a escola, corria sempre o risco de ser atropelado. Ele estava sempre a dizer aos pais.
Então o pai teve uma ideia e disse: «Vamos viver para o campo.»
E assim foi. Quando chegaram, o pai exclamou: «Mas que sossego!»
O pai viu uma árvore e disse: «Vamos viver para a árvore.»
O menino e os pais ficaram a viver nessa árvore, muito felizes. (25/01/2012)

Sinais de trânsito


Clica na animação e estuda os sinais e as regras de trânsito.
Atravessar a rua sem precaução...

Clica na animação e estuda os sinais e as regras de trânsito.
Atravessar a rua numa curva... NUNCA!

Clica na animação e estuda os sinais e as regras de trânsito.

Educação rodoviária


Clica na imagem e estuda as regras de trânsito e os comportamentos corretos.

Estamos a estudar a SEGURANÇA. Segurança na rua, na estrada, na praia.
Vamos estudar a sinalização vertical e horizontal,
bandeiras da praia, regras de segurança...

O que estamos a ler

Clica no leitor mp3 e ouve o conto.
Canta com LUÍS REPRESAS

Pequenos escritores

Roupa de estimação
(Conto sobre uma menina vaidosa, baseado na obra inédita de Álvaro Magalhães «Animais de estimação»)
A Bruna era uma menina muito vaidosa. Passava horas ao espelho a pentear-se, a maquilhar-se e a arranjar-se. Usava roupas caras, como por exemplo, casacos de peles, sem se preocupar com os animais. Tinha os guarda-vestidos cheios mas nunca estava satisfeita. Por isso, obrigava o pai a ir todas as semanas às lojas de pronto-a-vestir.
Um dia, entrou na Zara e pôs-se a experimentar roupa. E dizia:

- Quero um blusão
Com pele de leão.

Quero uma camisola
Com pele de raposa na gola.

Quero umas botas de couro
Feitas com pele de touro.

Quero uma mala
Com pele de koala. 

(Agora, a continuação do conto, feita em casa pelos alunos e pelos pais):

BRUNO FILIPE:
- Não se pode comprar tudo, porque não se deve gastar muito dinheiro. – disse-lhe o pai.
A menina aprendeu que não se deve desperdiçar dinheiro com coisas desnecessárias.

BEATRIZ FILIPA:
A dada altura, as pessoas que estavam na loja começaram a olhar para ela. O pai ficou envergonhado e disse à Bruna que não ia comprar mais nada, porque devemos respeitar os animais e poupar o dinheiro.

GONÇALO VILELA
O pai ficou muito chateado pela atitude da filha e nunca mais a deixou ir a lojas de pronto-a-vestir.

SARA:
Entretanto, a Bruna viu uma porta pequenina. Curiosa, abriu-a, ajoelhou-se e entrou. Quando olhou, estava numa floresta cheia de árvores e animais. À sua frente estava uma raposa e um leão.

- Por usares a pele dos meus amigos, vais levar uma mordidela. - disse o leão.
A Bruna, aflita, correu veloz por entre as árvores até encontrar outra porta, onde a esperava o pai. Muito contente, o pai disse-lhe:
- Espero que tenhas aprendido a lição. (continua amanhã)

Trabalho de investigação / janeiro 2012

As crianças devem fazer um trabalho de investigação até ao dia 20 de janeiro. Há 2 opções:
a) 1.a opção: trabalho sobre camelos (dromedários ou camelos bactrianos ou sobre os dois.
b) 2.a opção: centopeias.
Estas 2 hipóteses surgiram, respetivamente, dos reis magos e do livro que andamos a ler, intitulado «Animais de estimação», onde, ERRADAMENTE, se diz que a centopeia é um inseto...  Para investigares sobre os camelos, clica aqui.